top of page
  • Foto do escritorAdmin

A possibilidade de demissão de servidores públicos em estágio probatório

Atualizado: 2 de jun.

Siga o Prof. Aniello no instagram para saber mais sobre suas palestras, cursos, podcasts etc- Clique aqui


A contratação de servidores públicos é um processo bastante criterioso e que envolve diversas etapas. Dentre elas, o estágio probatório é uma das mais importantes, pois é nessa fase que se avalia o desempenho do servidor e se ele está apto ou não a exercer a função para a qual foi contratado. Mas afinal, o que é o estágio probatório e qual a sua importância?


O estágio probatório é o período de avaliação do servidor público concursado que acaba de tomar posse em seu cargo. Esse período tem duração de três anos e tem como objetivo avaliar se o servidor tem aptidão e capacidade para exercer suas funções com eficiência e eficácia. Durante esse período, o servidor é avaliado constantemente por sua chefia imediata, que emite relatórios periódicos sobre seu desempenho.


Caso o servidor não atenda às expectativas durante o estágio probatório, ele pode ser demitido por insuficiência de desempenho. Isso significa que, se o servidor não demonstrar capacidade para exercer suas funções com eficiência e eficácia, ele poderá ser desligado do cargo, mesmo que tenha passado no concurso público.


A demissão de um servidor público é um procedimento complexo e que envolve diversos aspectos legais. Por isso, é importante contar com a assessoria de um advogado especializado em direito administrativo em caso de demissão por insuficiência de desempenho durante o estágio probatório. Esse profissional poderá avaliar o caso e propor as medidas legais cabíveis para proteger os direitos do servidor.


Além disso, é importante que os gestores públicos sejam criteriosos na avaliação dos servidores durante o estágio probatório. É preciso que sejam definidos critérios claros de avaliação e que os relatórios de desempenho sejam elaborados de forma objetiva e imparcial. Dessa forma, evita-se a aplicação de demissões arbitrárias ou injustas.


Por outro lado, é importante destacar que o estágio probatório não é uma mera formalidade. Trata-se de uma fase crucial para a avaliação da aptidão e capacidade dos servidores públicos concursados para o exercício de suas funções. É preciso que os gestores públicos levem esse processo a sério e exerçam suas funções de forma objetiva e imparcial, garantindo assim a eficiência e eficácia dos serviços públicos.


Em resumo, o estágio probatório é uma fase essencial para garantir a qualidade dos serviços públicos prestados à população. Por isso, é importante que os servidores concursados se esforcem para desempenhar suas funções com eficiência e eficácia durante esse período, e que os gestores públicos realizem uma avaliação criteriosa e justa dos servidores, evitando demissões injustas ou arbitrárias. Para garantir seus direitos, é fundamental contar com a assessoria de um advogado especializado em direito administrativo em caso de demissão por insuficiência de desempenho durante o estágio probatório.

4.155 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page